domingo, 30 de setembro de 2012

Maringá confirma favoritismo e fica com título de Campeão Geral


Terminou em grande estilo a 55ª edição dos Jogos Abertos do Paraná, realizado de 21 a 29 de setembro em Maringá com a participação de 3.200 atletas em 20 modalidades. A cidade sede levou o título de campeão geral dos JAPs com o melhor desempenho de uma cidade em todos os tempos. Com 627 pontos Maringá abriu 145 pontos para a vice-campeã, Cascavel.

O último dia dos JAPs foi repleto de emoções nas quadras, no campo, na piscina, no tatame e até mesmo no campo aberto com o retorno em exibição da prova do tiro. Na piscina do Maringá Country Clube quem mais se inclinou para receber medalhas foram os atletas de Foz do Iguaçu. A Cidade das Cataratas ficou com o título no masculino e no feminino, levou 44 das 120 medalhas distribuídas, sendo 20 delas de ouro.

No karatê o destaque foi a cidade de Araucária, única a levar dois troféus, um no masculino de campeão e outro no feminino de vice-campeão.

No Estádio Willi Davids, Araucária e Maringá fizeram a final do futebol masculino, e com gol de Pedrinho aos 25 minutos do segundo tempo os maringaenses voltaram a comemorar um título no futebol. Araucária que já havia ficado com o vice em 2011, repetiu o desempenho neste ano, com Francisco Beltrão completando o pódio.

Futsal

No futsal, uma final de arrepiar com Cascavel e Maringá. O bom público no Ginásio Chico Neto se decepcionou com Cascavel abrindo o placar no início do primeiro tempo. Maringá contou com a torcida que inflamou a equipe para virar no segundo tempo e segurou o resultado de 2 a 1 para comemorar o título. Ponta Grossa venceu a disputa do terceiro lugar e ficou com o bronze.

No handebol masculino o clássico entre Londrina e Maringá também teve emoção do começo ao fim. Equilibradas nenhuma equipe abriu grande vantagem e com menos de um minutos para acabar o jogo a diferença de Londrina aumentou para três gols, Maringá se recuperou, diminuiu para um gol apenas, mas não soube aproveitar um contra-ataque com 10 segundos e acabou levando o último gol que selou o ouro para os londrinenses, vencendo por 26 a 24. Cascavel completou o pódio do handebol masculino.

volei


O tradicional voleibol masculino de Maringá até passou um susto ao perder o primeiro set para Araucária na decisão do ouro. Mas a equipe reagiu, venceu os três sets seguintes e faturou o título pelo sexto ano consecutivo. O voleibol masculino de Maringá é o maior vencedor dos Jogos Abertos do Paraná, e novamente no caminho encontrou a equipe de Araucária que ficou com o vice-campeonato. Cascavel venceu o duelo contra Foz do Iguaçu e completou o pódio do voleibol.

Logo após receber o troféu de campeão do voleibol, Maringá aproveitou a euforia dos atletas para receber também o troféu que volta a figurar como objeto de desejo dos municípios paranaenses. A Cidade Canção foi a última a levar o título em 2009 em Francisco Beltrão, e no retorno do Campeão Geral, em casa, Maringá teve o melhor desempenho de todos os tempos de uma equipe nos JAPs.

A cidade sede faturou onze títulos (voleibol masculino, futebol masculino, futsal masculino, rugby masculino, vôlei de praia masculino, vôlei de praia feminino, taekwondo masculino, taekwondo feminino, tênis masculino, ciclismo feminino, bocha masculino). Teve ainda treze vice-campeonatos e cinco terceiros lugares. Dos 35 troféus possíveis, Maringá conquistou 29. Todo esse desempenho também foi alavancado no número de medalhas. Foram 45 medalhas de ouro, 51 de prata e 37 de bronze, e o total de pontos alcançado pela equipe foi de 627.

Cascavel que ficou com a segunda colocação geral, chegou aos 482 pontos conquistando cinco títulos, sete vice e oito terceiros lugares, e no quantitativo de medalhas ficou com 39 de ouro, 32 de prata e 53 de bronze.
Ponta Grossa mostrou eficiência para ficar com a terceira colocação. A cidade alcançou 332 pontos com apenas dois títulos, um vice campeonato e quatro terceiros lugares. O desempenho de medalhas da cidade é bem menor que os primeiros colocados. A cidade dos campos gerais alcançou 16 ouros, 17 pratas e 14 bronzes.
Completam a lista das dez primeiras, com 26 pontos atrás de Ponta Grossa ficou Londrina com 306 pontos. Em quinto aparece Campo Mourão com 250 pontos, em sexto ficou Foz do Iguaçu com 242 pontos. A sétima colocação é de Toledo com 228 pontos, em oitavo ficou Paranavaí com 161, nono para Araucária com 137 pontos e na décima colocação ficou Pato Branco com 127 pontos.

Os Jogos Abertos do Paraná é a maior expressão esportiva de rendimento do Estado do Paraná e nesta edição, a de número 55, foi desmembrada em duas datas as duas divisões em que é disputada. A divisão B, com fases regionais realizadas em maio e junho, revelaram campeões para a fase final que foi realizada em agosto em Foz do Iguaçu. Na divisão A, os melhores do ano passado acrescentados os que ascenderam da divisão B, além das modalidades individuais, fizeram a maior festa esportiva em Maringá desde a última sexta-feira dia 21 até este sábado dia 29.

A realização dos Jogos Abertos do Paraná é do Governo do Estado através da Secretaria de Estado do Esporte. A responsabilidade estrutural da competição foi do município de Maringá. As entidades que administram o esporte no Estado são responsáveis pela arbitragem. Os municípios participam com atletas federados, nascidos, trabalhando ou estudando em sua sede ou ainda convidados obedecendo os limites regulamentares em cada modalidade. Em 2012, assim como no ano anterior, o patrocínio foi da Renault.

O fogo simbólico representando o espírito olímpico foi apagado na noite do sábado (29.09), não tem data ainda definida para ser acesa novamente, mas sabe-se onde isso vai acontecer. Em 2013 a fase final da divisão A dos Jogos Abertos do Paraná serão realizados em Cascavel, cidade que recebeu os JAPs pela última vez em 2008.

Fonte: Comunicação JAPs

JAPs: Cascavel perde para Maringá no futsal

Cascavelenses voltam para casa com o 2º lugar

O Cascavel Futsal foi derrotado pelo Maringá na decisão dos Jogos Abertos, na modalidade futsal masculino, na tarde deste sábado (29) no Ginásio Chico Neto, pelo placar de 2 a 1.

O jogo começou nervoso com divididas fortes e os atletas falando muito com a arbitragem e com dois minutos da primeira etapa Cascavel abriu o placar, depois do lançamento do goleiro Donny, Carrapicho dividiu com o goleiro Danilo de Maringá, a bola sobrou para Daniel que com a meta fazia marcou 1 a 0. Após o gol Maringá saiu mais para o ataque e o jogo começou a ficar mais "pegado" e os cartões amarelos começaram a aparecer. Aos 12 minutos, Danilo de Maringá e Tiago de Cascavel discutiram e foram amarelados pelo árbitro. Cascavel criava mais que o time da casa e o goleiro Danilo começou a se destacar fazendo boas defesas, aos 17 Carrapicho toca livre de cabeça e Danilo coloca para escanteio e aos 19, Daniel chuta forte, mas o goleiro de Maringá defende, e a primeira etapa ficou em 1 a 0 Cascavel.

Na segunda etapa Maringá voltou com tudo pra cima do adversário e logo aos três minutos, Alessandro aproveita o rebote do goleiro Donny e empata a partida, com isso a torcida inflamou e começou a jogar junto com a equipe. Mas o experiente time de Cascavel não se abateu e o resultado final estava em aberto, tanto que aos nove minutos Juninho chutou forte e a bola perto da trave.

Mas aos 15 minutos os donos da casa viraram o placar, o goleiro Danilo chutou da sua área, a bola desviou em Carrapicho e entrou, 2 a 1 Maringá. No minuto seguinte os donos da casa quase ampliaram, Alessandro chutou forte cruzado e a bola na trave de Donny.

Cascavel avançou com goleiro linha para buscar o empate, e aos 18 minutos aconteceu o lance polêmico da partida. O ala Caça chutou forte cruzado e Danilo fez a defesa, o goleiro maringaense caiu para trás com o corpo sobre a bola, o time de Cascavel reclamou que a bola teria ultrapassado a linha do gol, mas a arbitragem deu sequencia a partida para a revolta dos cascavelenses. 

Após isso só deu Cascavel, mas o gol de empate não saiu e Maringá venceu por 2 a 1 e ficou com o título do futsal masculino.

De acordo com o técnico do time maringaense, Xepa, essa medalha de ouro é fruto de um trabalho sério realizado pelo município no apoio futsal. "Vencer é sempre importante e essa vitória nos da moral para buscarmos o título da liga que o nosso principal objetivo e essa medalha é uma forma de valorizar o apoio que Maringá nos proporciona para podermos disputar competições difíceis em um alto nível com chance de título", comentou Xepa. 

Para o goleiro Danilo, um dos destaques de Maringá na competição, a vitória sobre Cascavel era um objetivo a ser conquistado, pois a única derrota dos maringaenses na competição foi para a equipe do oeste do estado. "Nós estávamos muito concentrado nessa partida e não poderíamos perder para eles (Cascavel) novamente em hipótese alguma, conseguimos fazer uma boa partida, virar o placar e ficar com a medalha de ouro", contou Danilo.

Esta foi a segunda vez que Maringá venceu cascavel em uma final do futsal masculino nos JAPs, a primeira foi em 2001. catve.tv

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

JAPs: Cascavel está na final do futsal


Cascavel venceu Francisco Beltrão por 6 a 4 na tarde desta sexta-feira (28), pela primeira semifinal do futsal masculino da fase final dos 55º Jogos Abertos do Paraná (JAPs), divisão A, que estão sendo realizados em Maringá. Em um jogo cheio de alternativas, Cascavel sai na frente, toma a virada, mas consegue retomar a vantagem no placar e garante a vaga na final.

O jogo começou de forma eletrizante com as duas equipes marcando sobre pressão e levando perigo no ataque, tanto que o primeiro gol não demorou a sair. Aos sete minutos Taça recebe um lindo passe da direita e marca 1 a 0 Cascavel.

Mas Beltrão não desanimou e virou a partida em dois minutos. Aos nove minutos, Oliveira marca em cobrança de falta e aos dez Serrão bate cruzado e marca o gol da virada. Aos 14, o goleiro Barbosa de Beltrão, toca com mão na bola fora da área e tira o gol de Cascavel, o árbitro marcou a falta e expulsou Barbosa, na cobrança ensaiada Carrapicho recebe o passe e empata o jogo novamente, 2 a 2. A partida era jogada em um ritmo muito rápido e competitivo e aos 18 minutos Oliveira recebeu na frente da área driblou o goleiro Donny e fez 3 a 2 Beltrão, no minuto seguinte Carrapicho divide com o goleiro e marcar seu segundo na partida e o terceiro de Cascavel, deixando o jogo empatado de novo. E o primeiro tempo ficou no 3 a 3.

Na segunda etapa as equipes continuaram com a mesma vontade e os gols continuaram saindo. Logo aos quatro minutos Alan fez 4 a 3 Beltrão, aos seis Edigleuson acerta um forte chute e marca um golaço para Cascavel, 4 a 4. A partir disso Cascavel começou a dominar o jogo e virou o placar aos 14 minutos com Edigleuson de novo. E os 19 minutos os cascavelenses aproveitaram que Beltrão estava com goleiro linha, roubaram a bola e Mario fechou o jogo em 6 a 4 Cascavel.

Agora Cascavel espera o vencedor da outra semifinal entre Ponta Grossa e Maringá que acontece na noite desta sexta-feira (28), às 21h no ginásio Chico Neto.


Reta final das modalidades coletivas nos Jogos Abertos em Maringá

A maior festa esportiva do Paraná chega na reta final nesta sexta-feira (28.09) em Maringá apresentando quem melhor desenvolve o esporte em seus municípios. Os Jogos Abertos do Paraná iniciados na última sexta-feira (21.09) com a participação de 43 municípios paranaenses já entregou 330 medalhas, sendo 107 de ouro, 105 de prata e 118 de bronze. 54 dos 105 troféus distribuídos nos JAPs já tem dono e a maioria deles nem vão viajar, permanecerão em Maringá que lidera todos os quadros de análises da competição.

Na quinta-feira (27.09) foi encerrada a fase de grupos nas modalidades coletivas do masculino: futsal, futebol, handebol, basquetebol e voleibol. Os quatro semifinalistas de cada modalidade jogam para garantir uma medalha de prata no mínimo ao se colocarem na final. No futsal, modalidade com maior apelo de mídia no Estado e onde estão os grandes investimentos, as semifinais acontecem no Ginásio Chico Neto com jogos entre Maringá e Ponta Grossa e na outra semifinal Cascavel e Francisco Beltrão.

Já pelo handebol masculino, que também tem os jogos semifinais no Ginásio Chico Netto, as semifinais serão entre Goioerê e Londrina e na outra, um clássico tradicional de muita rivalidade, Cascavel e Maringá vão fazer uma verdadeira batalha para um vaga na final.


No futebol, a atual campeão Paranavaí não conseguiu repetir o feito e está fora das semifinais. Vice no ano passado, Araucária tenta contra Francisco Beltrão no mínimo repetir o mesmo desempenho. Na outra semifinal, duas tradicionais forças do futebol se enfrentam: Maringá e Ponta Grossa jogam no Estádio Willi Davis.


Maringá e Pato Branco decidem uma vaga na final do basquetebol, enquanto na outra semifinal Campo Mourão, atual campeão dos JAPs, luta para chegar à mais uma final contra a equipe de Londrina. Os jogos de basquetebol serão realizados no Ginásio do Maringá Country Clube.


Única modalidade coletiva ainda em disputa no masculino e feminino, o voleibol terá semifinais do masculino colocando frente a frente Araucária e Cascavel e Maringá e Foz do Iguaçu. Tradicionais forças da modalidade, as quatro estiveram na fase final do Estadual Adulto há menos de 15 dias com o título ficando para Maringá, que chegou na competição como favorita e vai contar com o apoio da torcida no Ginásio Regina Mundi.


No voleibol feminino, não há semifinal ou final. As cinco equipes participantes já jogaram quatro rodadas e apenas três delas chegam com chance de título. O caminho mais fácil é o de Cascavel, basta vencer o jogo contra Maringá para ficar com o ouro. Ponta Grossa tem uma vida mais complicada, pois precisa vencer Londrina e torcer por uma vitória de Maringá. Já a equipe da casa tem a situação mais complicada, pois precisa vencer Cascavel e ainda torcer para Londrina, que mesmo sendo atual bicampeã dos JAPs, ainda não venceu nenhum jogo na competição.


Maringá que tem a Vila Olímpica como o quarto melhor centro de treinamento de vôlei de praia do Brasil, não poderia ficar de fora das finais da modalidade nos JAPs. E repetindo o que aconteceu no ano passado, a final feminina será entre duas duplas da Cidade Canção. Em ritmo de festa, Juliana e Camila jogam contra Naiara e Karine, mas já assegurando o título do vôlei feminino para Maringá. No masculino, um duelo que promete fortes emoções. João Paulo e Felipe de Maringá enfrentam Arthur e Ruan de São José dos Pinhais na luta pela medalha de ouro. As finais do vôlei de praia serão transmitidas através da TV SEES e também da Catve/TV Educativa.


Das modalidades individuais, o atletismo que já começou na quarta-feira (26.09) se encerra na sexta-feira (28.09) com uma briga intensa pelo título da modalidade nobre, mãe de todos os esportes. Nesta quinta-feira (27.09) Paranavaí e Londrina deram um salto e agora já encostam em Maringá e Campo Mourão na liderança da modalidade, que tem ainda Ponta Grossa e Cascavel correndo por fora. Paranavaí conquistou ouro nas seguintes provas: 3.000m com obstáculos masculino; arremesso de peso masculino; heptatlo feminino; e 1.500 rasos masculino. Já Londrina levou a melhor nos 3.000m com obstáculos feminino; no arremesso de peso feminino; nos 1.500 rasos feminino; e no revezamento 4x100m feminino.


Outra modalidade que tem a plasticidade e a beleza como elementos, mostrou mais um ano que o domínio permanece na cidade que mais investiu em rendimento nos últimos anos. A ginástica rítmica de Toledo conquistou quatro das oito vagas reservadas para as atletas nas finais da modalidade que acontece nesta sexta-feira (28.09) e tem tudo para ficar com todas as medalhas da ginástica rítmica dos JAPs.


Quem também está retornando ao Jogos Abertos do Paraná como modalidade oficial é o karatê. Afastado durante um bom tempo, o esporte praticado e disseminado no Estado na década de 1990 voltou a ter um número de praticantes condizente com a expressão que o esporte já representou. O karatê será disputado no Ginásio de Esportes do Parque do Japão.


Nas águas da piscina do Maringá Country Clube começa nesta sexta-feira (28.09) a modalidade de natação, trazendo à Maringá os grandes nomes do esporte paranaense. Cascavel que teve o melhor desempenho no ano passado vem como grande favorita a levar o maior número de medalhas.


O quadro de pontuação dos Jogos Abertos do Paraná não sofreu alteração nesta quinta-feira. Nenhuma modalidade foi encerrada e nenhum ponto foi computado. As posições seguem inalterados, mas pela manhã desta sexta-feira (28.09) com o encerramento do atletismo, pode haver uma troca de posições. Maringá não deve ser alcançada, pois tem um atletismo também muito forte, mas Paranavaí, Londrina e Campo Mourão devem crescer e atormentar a vida de Cascavel que segue na vice-liderança.


Os Jogos Abertos do Paraná são realizados pelo Governo do Estado, através da Secretaria do Esporte, em parceria como município de Maringá e contam com o patrocínio da Renault. Participam dos JAPs atletas paranaenses que atuam, estudam, nasceram ou residem em um dos 43 municípios participantes desta edição.


Fonte: Coordenação de Comunicação
Secretaria do Esporte do Paraná

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

JAPs: Marechal perde para Maringá e é eliminado

Na noite desta terça-feira (25) O Marechal enfrentou o Maringá,no ginásio Chico Neto, em partida válida pela 3ª rodada do futsal masculino, na disputa dos JAPs.

No 1º tempo Regis abre o placar para o Maringá. No 2º tempo, Jorge Alex (2) amplia , abrindo vantagem em 3 a 0 para o Maringá. Amadeu desconta para o Marechal.

Em jogada com goleiro linha, o ala Gadeia marca e encosta no marcador: 3 a 2, mas no fim do jogo o Maringá marca mais um,com Evandro e decreta a derrota e a eliminação do Marechal na competição.

Fim de jogo Maringá 4 x 2 Marechal.
catve.tv

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Cascavel estréia com vitória no futsal dos Jogos Abertos


O FAG/Diplomata/Muffatão/Cascavel Futsal estreou na noite deste domingo nos Jogos Abertos do Paraná.A equipe que representa o município de Cascavel nos JAP´s fez sua estréia diante de Maringá, cidade que sedia a competição. Em uma partida bastante truncada, o time cascavelense foi mais feliz e saiu de quadra com a vitória pelo placar de 2 a 1.

O primeiro gol do Cascavel foi de Juninho aos 8 minutos da etapa inicial. Com uma marcação forte, o time cascavelense foi segurando o time da casa indo para o intervalo com a vantagem mínima. 

Com 2 minutos de jogo na etapa final, Juninho fez o passe para Daniel no segundo pau ampliar para 2 a 0. Na metade da segunda etapa o time maringaense veio com Roberto como goleiro linha. Mas 2 minutos depois, Roberto tocou com a mão na bola fora da área para evitar o gol cascavelense e foi expulso. 

O time cascavelense tentou a marcação do terceiro gol aproveitando a vantagem de um jogador a mais, mas o time maringaense se fechou e segurou os dois minutos sem levar gol.

Logo quando Maringá voltou com o seu quinto jogador, o time de Cascavel deu bobeira e Jorge Alex, que entrou para recompor o time, saiu no contra ataque e descontou para o time da casa aos 15 minutos. Nos minutos finais Maringá pressionou em busca do gol de empate, mas bem postado os cascavelenses seguraram o marcador e arrancaram nos JAP´s com uma bela vitória.

Nesta segunda-feira Cascavel volta à quadra para mais um jogo difícil. O time comandado por Nei Victor enfrenta Marechal Rondon, que estreou vencendo Paranavaí por 4 a 1. A partida será novamente no Ginásio Chico Neto com início marcado para às 14h30.

João Ribas – Divulgação do Cascavel Futsal

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Chave Ouro: Marechal vence Maringá e retoma liderança


Mesmo com um jogo à menos, o Marechal retomou a liderança na noite desta segunda-feira ao vencer o Ciagym/maringá, por 1 a 0. O time voltou a passar o Cascavel na somatória de pontos - 68 a 67. 

O jogo teve predomínio dos donos da casa desde o início, tanto que no primeiro tempo o goleiro Quinzinho não fez defesas, enquanto Danilo, da Ciagym, fez 13 defesas segundo scout divulgado pela Rádio Difusora. 

o ponto negativo do primeiro tempo foi a lesão sofrida pelo ala Thales, do marechal. Os primeiros exames apontam para uma torção de joelho, que pode deixar o jogador de fora por até 30 dias. 

Com a bola rolando no segundo tempo, o Marechal conseguiu marcar o gol logo aos 4`, em uma finalização de Chico Paulista. 

Logo na sequencia, McDowall, do Maringá, deixou a quadra contundido, por conta de um estiramento. 

Faltando cerca de cinco minutos, Maringá começou a utilizar goleiro linha e encurralou o time rondonense na quadra defensiva. Porém, não conseguiu chegar ao empate.
No próximo sábado, Marechal pode sagrar-se campeão da primeira fase se vencer o Ponta Grossa. (rádio gol).

sábado, 1 de setembro de 2012

Goleada: Cascavel Futsal bate o Guarapuava por 7 a 2

O Cascavel Futsal recebeu o Guarapuava na noite deste sábado (1º) no Ginásio da Neva e venceu por 7 a 2.

No 1º tempo, Guilherme e Daniel colcoaram o Cascavel em vantagem no placar fazendo 2 a 0.

Thiaguinho ampliou para 3 a 0 e Mário júnior fechou o placar em 4 a 0.

No 2º tempo, Neto descontou para o Guarapuava marcando 4 a 1 e Ricardinho, diminuiu para 4 a 2.

Quando os visitantes pareciam reagir na partida, Rafinha marcou o 5º do cascavel e Thiaguinho aumentou a vantagem com 0 6º gol.

Rafinha com um lindo gol fechou definiu o jogo em 7 a 2.

O Cascavel possui agora 64 pontos conquistados e ocupa a 2ª posição na tabela de classificação, com 2 jogos a mais do que o Marechal Rondon que goleou a Unipa/Foz pelo placar de 9 a 1 no Ginásio Ney Barga.


Outros resultados:
Paranavaí 1 x 1 Ponta Grossa
Paraná 1 x Campo Mourão
Pato Branco 4 x 3 Palotina
Maringá 3 x 3 Quedas 

Classificação e número de jogos:
1º Marechal - 64 pts - 25 jgs
2º Cascavel - 64 pts - 27 jgs
3º Unipa/Foz - 53 pts - 27jgs
4º Umuarama - 52 - 26jgs
5º Maringá - 52 pts - 26 jgs
6º Pato F utsal - 44 pts - 25 jgs
7º Ponta Grossa - 43pts - 26 jgs
8º Guarapuava - 38 pts - 26jgs
9º Marreco - 33pts - 27 jgs
10º Quedas - 30pts - 27 jgs
11º Paranavaí - 25pts - 26 jgs 
12º Campo Mourão - 24pts - 27 jgs 
13º Corbélia - 22 pts - 26 jgs
14º Toledo - 22 pts - 27 jgs
15º Paraná Clube - 17 pts - 26 jgs
16º Palotinense - 6 pts - 25 jgs